Caro leitor

Este blog é a fiel expressão da minha visão de mundo.

Acredito na ideia do todo, onde todos somos um e que minhas atitudes, minha forma de pensar geram energias que refletem na existência do outro. Daí a importância de estarmos sempre na frequência do bem, dos bons pensamentos, vibrando sempre na frequência de Luz. Estamos em aprendizado e as falhas, as tentações, deslizes ao retrocesso estão conjugados ao nosso Ser. Devemos estar atentos aos nossos pensamentos, atitudes e tipo de energia que emitimos e expandimos para o Universo. Espero que os textos que escrevo e os de outros autores que aqui publico,possam acrescentar algo de construtivo para os que lerem.

(Hilda Stein)

Google+ Followers

sábado, 27 de dezembro de 2014

NA PASSAGEM DE ANO VOU VESTIR AZUL


2014 chegando ao fim!
Fazendo uma análise rápida da minha vida pessoal, foi um ano de grandes desafios, de muitas batalhas internas e de crescimento. Um ano de conquistas, com a entrada de pessoas especiais na minha vida. Posso dizer que estou terminando o ano de 2014 com um saldo positivo, porém preocupada e nada alegre com o que estou presenciando e vivenciando no nosso País.
Um show de escândalos, cinismo, politicagem barata, servidores sem receber salários, a Petrobrás praticamente quebrada,o país num verdadeiro caos. E o pior muita gente, pelo menos metade da população achando tudo natural, defendendo de unhas e dentes essa corja que está no poder. Será que eu sou burra em discordar de tudo isso que está acontecendo?
Sim, porque vejo pessoas intelectualizadas achando esse governo o máximo!
Eu não aguento mais assistir tanta sujeira, estou com nojo de tudo que estou presenciando, Eu quero mudança!
Eu quero viver em um país de gente com ideal verdadeiro, pensando no todo e não no próprio umbigo.
Eu quero um país que honre com os impostos que pagamos, sendo aplicados na saúde, na educação , no transporte, na segurança, enfim, um país digno e não essa farsa ideológica em que estamos vivendo que visa unicamente interesses de uma minoria que consegue manipular as mentes fracas e analfabetas em trocas de migalhas.
Eu quero viver com dignidade, porque temos recursos naturais suficientes para isto!
O que falta é firmeza de caráter não só dos governantes, como também dos que se deixam manipular por migalhas!
Eu quero poder trabalhar dignamente e desfrutar do resultado do meu trabalho.
Assim como muitos brasileiros, estou cansada dessa hipocrisia.
Eu quero Justiça, quero mudança, quero um País digno, azul e não vermelho.
Por isso na passagem de ano estarei embarcando na onda azul, para ver se a sorte desse país muda, sem representar nenhum político e sim uma cor de mudança, harmonia e prosperidade para todos!
Desejo que 2015 seja um ano de muita reflexão e união!

domingo, 21 de dezembro de 2014

Muito lindo!!!!

A boa música sempre proporciona a sensação de bem estar.
Alegra a alma e alimenta o espírito.



domingo, 14 de dezembro de 2014

PORQUE É NATAL....




O Natal não se resume a troca de presentes ou consumismo desenfreado.
O momento é de reflexão, data que se comemora o nascimento de Jesus, representante do amor, da caridade, do perdão, da compaixão, da retidão, benevolência e fraternidade.
Momento que devemos fazer nascer em cada um de nós estas virtudes e sentimentos, não só na teoria, mas na prática, tentando exercê-las no nosso dia a dia.
A energia do Natal me fascina e me contagia, por isso desejo a todos um Feliz Natal!
Com a presença do representante do Amor em nossos corações!


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

FELICIDADE





Será que a felicidade está vinculada a acontecimentos externos?
Muitas pessoas associam felicidade com acontecimentos efêmeros.
Penso que a felicidade se distancia e muito de alegria e de prazer.
Alegria e prazer são sentimentos passageiros, mas a felicidade não, a felicidade é um sentimento que se eterniza quando alcançado.
Quem é feliz não está livre de passar por tristezas, aborrecimentos e frustrações.
Ser feliz não é viver em êxtase e sim atingir uma paz e tranquilidade inatingível.
Há uma diferença entre estar feliz e ser feliz, o primeiro termo é o oposto da tristeza e o segundo é um estado de consciência e de realização.
Ser feliz não descarta a hipótese de sofrer momentos de stress, de descontentamento, de contrariedade, porém são momentos que passam e a felicidade é contínua.
Felicidade é um sentimento tão sublime que é difícil sintetizar.
Acredito que todos nós nascemos com a felicidade, só que a vinculamos com o mundo físico e aí é que acontece a confusão.
Ouço as pessoas dizerem que serão felizes, quando trocarem de carro, ou comprarem uma casa, ou encontrarem o homem ou mulher dos seus sonhos e por aí vai...Não passam de desejos vinculados à matéria, que depois de alcançados serão substituídos por outros desejos e isso jamais terá fim, concluindo que a “felicidade” também jamais será atingida.
A verdadeira felicidade está dentro e não fora, quando alcançada, atingindo ou não os desejos materiais, ela continuará lá dentro inabalável.
Exemplificando: Eu sou feliz, mas não estou satisfeita com o carro que tenho, quero fazer a viagem dos meus sonhos e não tenho dinheiro, ainda não encontrei meu príncipe encantado, mas sou feliz, porque sei que tudo isso é passageiro, mas a minha paz, a leveza que trago dentro de mim é eterna, nada do que é material será capaz de tirar ou de somar. Assim é a felicidade, plena,eterna, desvinculada de qualquer desejo.


segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

A FLEXIBILIDADE DA VIDA

Fonte imagem: net


Que maravilha que a vida não é rígida e sim flexível.
Podemos mudar o tempo todo. Mudar de casa, mudar de cabelo, de carro, de roupa, de sapatos, de hábitos alimentares, de conduta, de atitudes, a forma de pensar, enfim, podemos mudar sempre, porque somos seres em constante transformação.
Estamos em constante mudança, nosso organismo muda o tempo todo.
Então este conceito de que “sou assim e pronto!”, também pode ser revisto e mudado.
A transformação da lagarta em borboleta é uma excelente constatação de que a vida exige mudanças e às vezes radicais.
E o bom da vida é justamente isso, podemos e devemos mudar!
Não é porque erramos no passado, que temos que carregar o deslize mal dado para o resto da vida. Passou, agora mude e siga em frente.
As consequências dos nossos passos sempre estarão presentes, mas o bom é que também passa, tudo na vida passa.
O importante é saber enxergar o que precisa ser mudado, esta não é uma tarefa fácil, mas não é impossível. Com humildade e cientes de que não somos perfeitos, teremos a capacidade de enxergar nossos defeitos e trabalha-lhos.
Se até as pedras sofrem transformações, por que nós que somos muito mais do que simples pedras, não teremos a capacidade de aceitar mudanças?

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Imaginação e fantasia



A imaginação é passível de realização e a fantasia é um processo de fuga.
Enquanto a imaginação nasce na mente e pode se tornar realidade, a fantasia cria um mundo paralelo e nada realiza.
A pessoa que vive na fantasia não tem ação e se alimenta de histórias, acreditando ser alguém que está muito distante de ser.
Há uma diferença muito grande entre imaginar e fantasiar.
Quem imagina precisa de incentivo para transformar a imaginação em realidade e quem fantasia necessita de tratamento.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

ACRÓSTICO PARA SOPHIA


Hoje arrumando uma caixa de pequenas recordações, achei este acróstico escrito pela minha mãe para minha filha, oito meses antes dela partir para o mundo espiritual.


Sophia
Só a natureza poderia
Ostentar com sábia maestria
Produzir com sabedoria
Havendo de ser para nossa alegria
Irradiando com toda simpatia
A minha linda neta Sophia.

Vovó Neusa, 26-02-2009.

Fui tomada por uma grande paz, admiração e gratidão por ser filha de uma pessoa tão iluminada. Referência de força, determinação e boa conduta.
Para homenageá-la resolvi publicar este acróstico como uma recordação do amor e carinho que nutria por nós. E este sentimento regado de respeito nutria por todas as pessoas, independente de serem ou não suas consanguíneas.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

NOSSOS INIMIGOS REAIS

foto net



Nossos maiores inimigos, não são as pessoas que nos invejam, que nos maldizem pelas costas e que fazem questão de colocar-nos para baixo em uma situação difícil. Não são os hipócritas que mesmo com um sorriso no rosto e nos tratando bem estão torcendo pelo nosso fracasso. Estes não são inimigos e sim instrumentos que auxiliam no nosso crescimento e devemos praticar com eles a tolerância, a compaixão, o perdão e o amor.
Nossos maiores e verdadeiros inimigos habitam dentro de nós, são os nossos pensamentos e sentimentos. Estes sim desestabilizam todo nosso organismo gerando as mais diversas doenças, tiram a nossa paz e são capazes de nos levarem à loucura. São poderosíssimos porque estão 24 horas por dia dentro de nós e é preciso muita força e determinação para combatê-los . Não devemos direcionar a nossa energia e nem gastá-la com os que se encontram fora, estes não possuem força alguma, porém nós exercemos o máximo de poder sobre nós mesmos.



PRECISAMOS ACEITAR ESTA VERDADE: O DIVINO HABITA EM NÓS

foto net
“Estamos compostos de duas naturezas perfeitamente distintas: de um corpo que nos é comum com os animais, e de um Espírito que nos é comum com os Deuses.Porém, uns inclinam-se para o primeiro parentesco, se assim se pode dizer, parentesco desditoso e morto, e outros se inclinam para o segundo, para o feliz e divino. Daí que uns pensam nobremente , enquanto outros- a imensa maioria- não concebem mais que pensamentos baixos e indignos. Em relação a mim, quem sou eu? Um pobre infeliz; e estas carnes que compõem meu corpo? Algo enfermo e miserável. Porém algo existe em mim, muito mais nobre que esta carne . Por que, apartando-me daquele tão elevado princípio, dar ao baixo, à carne, tanta importância? Aqui está a vereda pela qual se deixa resvalar a quase totalidade dos homens; e aqui porque se encontra entre eles tantos monstros, tantos lobos, tantos leões, tantos tigres e tantos porcos. Tem cuidado, pois, e procura não aumentar o número dos brutos.” (Epícteto)
Centelha Divina somos, o Divino habita em nós, por que não acreditarmos nesta verdade?
Por que insistimos em viver brutalmente semeando pensamentos e sentimentos indignos de seres tão especiais o quão somos. Por que insistimos em alimentar nossos instintos animais desprezando o nosso lado Divino?
Por que damos valor a este mundo efêmero e não nos importamos nem um pouco com o mundo eterno?
Porque incutimos na nossa mente o sofrimento, achando-o necessário para a evolução, se estamos aqui para semear a felicidade?
Pobre de nós, se não despertarmos para a nossa verdadeira e real essência, ficaremos vidas e mais vidas tal qual um cão que não sai do lugar tentando morder o próprio rabo...

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

HOMENAGEM AOS VERDADEIROS HERÓIS DESSE PAÍS

foto net


Eu não posso deixar de prestar homenagem a esses verdadeiros guerreiros portadores de armas que se resumem na determinação de formar pessoas e profissionais.
Guerreiros que possuem garra para sobreviver a um sistema falido de educação e que não desanimam nem tão pouco abandonam o nobre legado de transferir conhecimento.
Quando reivindicam melhores condições salariais são duramente criticados e condenados por uma sociedade “maluca e sem noção de tudo”.
Deixo aqui a minha admiração e o meu respeito a esta classe de verdadeiros Heróis!

terça-feira, 14 de outubro de 2014

PROCURA-SE DEUS


foto Hilda Stein

É na hora do sofrimento, do desespero, da solidão que ele é lembrado pela maioria.
Aonde encontra-lo?
Ouço muito a frase: “ Afastei-me de Deus, por isso voltei para igreja.”
Será que Deus se encontra nas igrejas ou em qualquer outra casa religiosa?
É nobre frequentar uma igreja ou qualquer outro lugar que promova esse encontro, mas Deus não está lá e sim no sentimento, nas atitudes, nos pensamentos, nas coisas mais simples da vida, como num sorriso inocente de criança, nas flores do jardim, no canto dos pássaros, enfim, Deus está presente em todas as coisas do bem . Está presente em todos os lugares onde o amor estiver.
Não adianta ir para uma igreja com o coração cheio de mágoa, rancor e com péssimas atitudes fora daquele ambiente.
Estar próximo de Deus é nutrir bons pensamentos, sentimentos, atitudes verdadeiras, gratidão no coração, procurar não julgar e nem criticar o próximo, policiar constantemente as próprias ações.
Frequentar uma igreja ou qualquer outro lugar religioso contribui para a expansão do amor e sem dúvida Deus estará presente, isto é, quando este encontro com outras pessoas não for canal de mexericos, intrigas e alimento de orgulho.
Não precisamos atravessar a rua, subir montanhas, trocar de cidade, estado ou país.
Não O encontraremos nas coisas externas, Ele está bem pertinho, está dentro de nós.

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

EXERCÍCIO FABULOSO

foto net


Este é um exercício fabuloso: Não se importar com o que as pessoas falam ou como agem, isso é problema delas, mas sim prestar muita atenção nas próprias atitudes, palavras e pensamentos.

sábado, 4 de outubro de 2014

UNIÃO HOMOAFETIVA-UM NOVO CONCEITO DE FAMÍLIA

foto net


Que assunto badalado e polemico essa tal união homoafetiva.
Uns acham absurdo, pouca vergonha e julgam o final dos tempos.
Outros apoiam ou preferem nem comentar.
Quando se fala de adoção de filhos, aí o assunto esquenta.
Os religiosos condenam, os liberais aprovam e a prosa toma um rumo sem fim.
A realidade é que estamos vivendo não no fim dos tempos, mas em novos tempos.
As pessoas estão se transformando e assumindo seus papéis na sociedade, encarando as críticas de peito aberto. O que sempre existiu e era escondido em outrora, hoje é visto de forma transparente.
Na nossa cultura de conceitos e valores gerados a partir de uma criação onde tudo existia, mas nada se permitia, é chocante ver dois homens ou duas mulheres trocando carícias mais íntimas. É compreensível a repudia dos mais antigos, mas é preciso mudar e encarar o novo, sem julgamentos. Os religiosos pregam estar no Livro Sagrado a obrigatoriedade de união afetiva somente entre um homem e uma mulher, talvez para procriação da espécie humana sim, porque mesmo com toda a modernidade da ciência ainda é necessário a contribuição de um macho e uma fêmea para procriar.
Em um dos livros sagrados existe uma frase que diz: “Eu vos dou um novo mandamento: Como eu vos amei, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros. ( Jo 13,34).”
Neste ensinamento não cabe críticas, julgamentos ou censuras. Respeitar o próximo e sua opção de vida é um ato de amor.
Em uma relação onde o amor impera, não cabe críticas.
Esse novo modelo de família censurado e repudiado por muitos, deve ser visto pelo lado positivo, pois onde há amor e harmonia há também a benção Divina.
Quantas crianças se encontram nas ruas abandonadas levando porrada, sem luz no fim do túnel, isso sim é um absurdo.
Quantas delas não dariam a vida para terem um Lar, sem se importarem se hetero ou homoafetivo?
Quantas crianças que são criadas em lares considerados “ normais” pela sociedade demagoga e que sofrem todo o tipo de violência imagináveis e inimagináveis?
Uma união homoafetiva, onde existe respeito, amor e harmonia é muito mais digna que uma união heteroafetiva doentia carregada de discórdia, sofrimento e desrespeito.
O ideal seria que as pessoas começassem a se preocupar em se construírem como verdadeiros seres humanos, deixando as críticas, censuras maliciosas e entendendo o verdadeiro sentido da vida.
Que começassem a praticar o que pregam e o que ouvem nos bancos das igrejas, sinagogas, templos, mesquitas, etc...
“Lucas 6:41
Por que reparas no cisco que está no olho do teu irmão e não percebes o tronco que está no teu próprio olho? “
O amor entre duas pessoas, seja de que sexo for, deve ser respeitado e honrado sem julgamentos.
No momento em que as pessoas compreenderem e praticarem o mandamento “ Amai-vos uns aos outros.” Será o despertar de uma nova aurora...
Não estamos nos fins dos tempos e sim no início da grande jornada evolutiva.

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

O verdadeiro Amor

foto net


O amor verdadeiro dá liberdade para que o outro alce voo em busca da felicidade, pena que poucas pessoas praticam este ensinamento.
O amor sinônimo de posse não é amor e sim prisão...
O amor é um sentimento sublime, irradia felicidade.
O amor que traz sofrimento, não é amor e sim obsessão.
Amor não é sinônimo de dor e sim de paz, de plenitude.
O amor não julga e nem condena.
É um sentimento nobre que floresce a cada manhã e exala delicado perfume.
O amor é um sentimento eterno e não passageiro.
As pessoas passam, mas o amor permanece, porque é pleno.



"O amor não tem outro desejo senão o de atingir a sua plenitude."
( Khalil Gibran)



"E cada segundo, cada momento cada instante
É quase eterno, passa devagar.
Se o seu Mundo for o mundo inteiro,
Sua vida, seu amor, seu lar.
Cuide tudo que for verdadeiro,
Deixe tudo que não for passar.
Cuide bem do seu amor
Seja quem for"
(Paralamas do Sucesso)

domingo, 28 de setembro de 2014

VENDAVAL

foto net


NAS INTEMPÉRIES DA VIDA É QUE SURGE A FORÇA PARA LUTARMOS E CONTINUARMOS DE PÉ!

(Hilda Stein)

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

21 de setembro de 2014 ...51 anos, uma Boa Ideia!!!

foto Hilda Stein

21 de setembro de 2014 .......51 anos, uma Boa Ideia!!!
Como é bom chegar até aqui e ter conquistado a amizade e o carinho de pessoas que amo tanto e admiro!
Hoje me olho no espelho e vejo as marcas do tempo que retratam a minha trajetória, sei que muito tenho ainda para aprender, mas agradeço todos os momentos e as emoções que vivi.
As pedras que encontrei no meu caminho serviram de base e aprendizado e as alegrias e conquistas foram a confirmação das bênçãos que recebo diariamente.
E se eu colocar na balança todos os momentos vividos, certamente o saldo será muito positivo, pois tenho pessoas na minha vida que fazem toda a diferença. Perto ou longe, todas iluminam o meu coração e me enchem de força para seguir adiante!
Hoje estou nas nuvens, cercada de anjos que me cobrem de amor e luz.
Sou muito grata às oportunidades de crescimento que a vida me proporciona diariamente através dos desafios e testes que nem sempre consigo uma nota alta, mas que me deixam a cada dia mais confiante da direção que devo seguir, direção esta que não podia ser diferente do AMOR!
Agradeço o carinho de todos que comemoraram comigo este dia tão especial, seja através de telefonema, com a presença física ou por meio de mensagens. Recebi todas as vibrações sinceras no meu coração!

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

PARA REFLETIR

foro net


A vida é como é e não como queremos que seja.
As pessoas são como são e não como queremos que sejam.
Podemos mudar a nossa forma de pensar, de agir, de ser, de enxergar o mundo,mas não podemos mudar a vida e muito menos as pessoas.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

QUANDO A VIDA DIZ NÃO


É quando a vida diz não que todo o sentimento de paz, plenitude, confiança, harmonia, fé, tranquilidade, segurança... Cai por água abaixo.
E a sensação de fracasso, incapacidade se apodera da mente, o corpo sente e responde no mesmo nível.
Aparece então a vontade de desistir, de sucumbir e se isolar na escuridão.
E é nessa hora que é comum a entrega total dos sentidos, que é preciso reflexão, ir sim até o fundo do poço, sentir a dor, ficar de frente pra ela e entender o motivo da sua causa.
A vida sempre tem algo a ensinar através da privação. Qual a lição a aprender?
Conformar-se com a negativa?
Ou extrair a força interior e lutar com mais garra e determinação, identificando as falhas do processo?
E é nessa hora que é preciso o poder da resiliência, de levantar e enxergar a luz do sol, de perceber a grande capacidade que habita em cada ser.
O rótulo de piedade e fracasso, não faz bem a alma.
É preciso levantar, erguer a cabeça, seguir em frente e voltar para a luta.
Tudo é alcançável quando determinado e planejado.
Desistir é mais fácil, mas traz o sabor da derrota.
Quando é determinada a vitória, o fracasso não basta.
Árduo é o caminho, mas indescritível é o sabor da conquista quando se atinge o objetivo almejado.
O crescimento ocorre através da luta e não da inércia.
Respirar fundo e seguir em frente... Esta atitude que a vida exige, todos temos capacidade para cumprir.

“Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado!” (Rui Barbosa).

domingo, 31 de agosto de 2014

Viver... Simples assim.

A vida é ampla, cheia de propostas que permite as mais variadas sensações.
Perda de tempo é ficar preso em uma só direção, sem tirar a venda dos olhos e arriscar enxergar além.
Os obstáculos, as provas são muitas, mas necessárias para o crescimento e evolução.
O mal precisa existir para haver a valorização do bem.
A dificuldade precisa estar presente para que a força interior seja acionada.
O feio é necessário para haver a valorização do belo, mas a beleza poucos enxergam, ela habita no simples, no natural, no espontâneo...
E o amor? Este é tão amplo e profundo, necessário em todas as atitudes, ações e gestos. Não pode ser resumido apenas em palavras e sim sentindo em sua plenitude.
O amor gera amor e gera espaço para mais amor, quando a essência deste sentimento é alcançada e praticada a vida ganha um colorido especial e suas cores se expandem contagiando diversos corações.
A vida é assim... Simples, nós é que complicamos com nossas neuras, bloqueios, ansiedade, falta de paciência e humildade para entender e enxergar suas oportunidades e seus sinais.
Viver é como estar em um grande pomar com a possibilidade de experimentar e sentir o sabor de cada fruta... Algumas estarão ainda verdes e será necessário esperar o tempo certo para a colheita, outras já estarão estragadas ou bichadas. Algumas são azedas, outras doces, mas todas possuem nutrientes necessários e importante para alimentar o corpo de quem se propõe a ingeri-las.
Viver é algo crescente, é saber arrumar a mala com gestos, sentimentos e atitudes que proporcionem paz para a grande passagem pela vida.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

UM JEITO NEUSA DE SER...




Hoje, 14 de agosto, nossa Estrela Maior completaria 81 anos.
Quanta saudade...
Seu exemplo de garra, força, determinação, generosidade, alegria, fidelidade e tantas outras virtudes, ameniza nossa tristeza e nos enche de orgulho de poder ter conhecido e convivido com um Ser tão especial que iluminou durante sua trajetória nossas vidas sempre com palavras positivas e atitudes retas.
Substituo a tristeza pela felicidade de ter sido gerada por esta grande guerreira e,como muitos a chamavam em vida, “ HEROÍNA”.Venceu várias batalhas em sua vida de cabeça erguida sem nunca ter perdido sua dignidade e alegria de viver!
Aonde quer que você esteja, e tenho certeza que num lugar muito especial, receba o carinho e o nosso amor e gratidão por tudo que nos ensinou.
Estaremos sempre ligadas pela força do nosso Amor!

sábado, 2 de agosto de 2014

AUTOANÁLISE




Fazendo uma autoanálise, constatei que sou uma pessoa egoísta, má, intolerante, orgulhosa, preguiçosa, vaidosa, acomodada, irresponsável, fria, teimosa,insegura e de difícil compreensão do mundo.
Algumas pessoas, principalmente as que gostam de mim e acham que me conhecem, negarão estes defeitos que mencionei. Mas estas pessoas não me conhecem tão bem quanto eu me propus a me conhecer. Esses sentimentos fazem parte do meu universo, são por mim sentidos e vivenciados, na maioria das vezes camuflados, mas estão dentro de mim, e portanto existem.
Alguém há de perguntar: Mas você não encontrou nenhuma virtude?
Responderei que sim, as virtudes existem e não precisam ser trabalhadas e nem divulgadas, aliás eu diria que nem os defeitos precisam de divulgação, mas é necessário o reconhecimento deles para que sejam refletidos e identificados nas situações que se evidenciam. É muito dolorido reconhecê-los, mas necessário para que sejam corrigidos.
O processo da autoanálise é altamente dolorido, porque nos obriga a tirar nossa máscara de ilusões e nos encararmos. É demorado, afinal custamos a reconhecer nossos defeitos, não estamos acostumados a usar o nosso olhar interno e sim o externo, por isso a facilidade de enxergar defeitos alheios.
Mas essa é a grande oportunidade que a vida na matéria nos dá, a possibilidade de corrigirmos nossas falhas, de construirmos a cada dia o nosso interior para que possamos quem sabe em alguma vivência futura nos tornarmos perfeitos tal qual nosso Pai e poder retornar à nossa verdadeira morada.

terça-feira, 29 de julho de 2014

Viver é navegar em um mar de emoções




Revendo algumas fotos antigas de pessoas que não fazem mais parte desta vida, refleti como a nossa passagem por aqui é rápida e imprevisível. Hoje estamos aqui, amanhã quem sabe não estaremos mais. Então percebi quantas coisas ainda não fiz e pretendo fazer. Deparo-me constantemente com pessoas que se dizem cansadas e esgotadas da vida, que nada produzem e são atormentadas pela ansiedade de causas que desconhecem, vivem como verdadeiros zumbis que morreram e perambulam sem planos e objetivo nesta jornada. Tantos são os caminhos a desbravar, tantas montanhas para escalar, tantas emoções para experimentar.
Osho em seu livro, Maturidade, aborda o comportamento de pessoas que ficaram presas no passado e não vivem o presente, pessoas que não passaram pelas etapas da vida.
Podemos constatar este simples fato, observando mulheres que não aceitam o avanço da idade e mexem tanto no rosto que ficam desfiguradas, feias e infelizes.
As marcas do tempo representam a história de vida que valorizada se torna um verdadeiro tesouro. Quando ficamos presos no passado, não vivemos o valioso presente e não damos valor aos momentos importantes da vida.
Que maravilha, poder encarar a vida de frente, ter sonhos, viver com intensidade, não ficar presa a falsos valores, tocar o coração das pessoas, cantar e dançar, falar “abobrinhas” sem a preocupação dos olhos alheios, expressar opinião sem medo do julgamento, apreciar as coisas simples que são presenteadas com a verdadeira beleza.
Viver é navegar em um mar de emoções, é um presente verdadeiramente Divino.

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.” ( Charles Chaplin)

quinta-feira, 24 de julho de 2014

DE FRENTE PRA VIDA




A vida é feita de momentos e os momentos devem ser vividos com intensidade.
Não devemos perder tempo com ressentimentos e pensamentos negativos.
Nossa essência é o amor, cultivá-lo engrandece o nosso ser.
As derrotas e decepções são degraus para o nosso crescimento.
Os desafetos são instrumentos para que possamos desenvolver nossa tolerância e compaixão.
Mensagens negativas e derrotistas devem ser descartadas e afastadas do nosso caminho.
Caminhar em paz, visando o melhor, sem críticas e julgamento ao próximo é o reto caminho que devemos seguir.
A meditação, ou oração, é o combustível para atingirmos nossa plenitude.
A felicidade é algo intrínseco que independe de fatores externos.
Estar em paz é aceitar os desígnios da vida e entender nossa missão.
Saber à que viemos, arregaçar as mangas para cumpri-la com a consciência de que não será fácil, mas o difícil é o que contribui para a nossa evolução.
Passar a vida fugindo das emoções, sem encarar as dificuldades é como deixar uma prova em branco sem responder as questões.
As conquistas são merecimento e dependem do nosso esforço e determinação para alcançá-las, não podemos delegá-las a ninguém porque a chave do nosso sucesso somos nós que possuímos.

“O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher.” ( Cora Coralina)

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Bodas de Prata



Há 25 anos unimos nossos sonhos, nossos corações, nossos objetivos, nossas vidas e até então caminhamos de mãos dadas pela estrada da vida, encontramos pelo caminho rosas, espinhos e muitas pedras, com elas construímos nosso sólido castelo. Juntos superamos as adversidades e provas, munidos com o nosso amor verdadeiro enfrentamos inúmeras batalhas. Hoje as palavras não são necessárias para expressarmos o que sentimos ou pensamos, basta um olhar para entendermos o que passa um com outro.Nossas almas se complementam e acima de tudo se respeitam e se amam.Os pequenos gestos e atitudes enriquecem nossa convivência diária permitindo que a chama do nosso amor e paixão jamais se apague. Para muitos pode parecer que colocar a pasta na escova de dente um do outro, preparar com carinho um café da manhã, mesmo que simples, fazer a comidinha preferida, trazer da rua um chocolate inesperado, dizer eu te amo com constância, não faz diferença em uma relação, mas são esses pequenos detalhes que intensificam e solidificam cada vez mais a nossa convivência.
Como é grande o meu amor por você, como é bom poder acordar todos os dias ao seu lado e saber que posso contar sempre com seu apoio, força, amor e carinho!
Obrigada por me presentear todos os dias com a sua companhia. 25 anos que parece 25 minutos, para o nosso amor o tempo não conta, porque se fez eterno!

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Vergonha, Brasil x Alemanha



Completamente envergonhada, é assim que me sinto após a partida Brasil x Alemanha.
Não pela derrota no jogo, compreendo que isso faz parte, mas pela atitude dos jogadores em campo que reflete a nossa realidade.
Fica muito mais fácil transferir a responsabilidade para ausência de um jogador ou falha técnica, sendo que estava em campo uma equipe, um time que não fez nada para virar o jogo, para mudar a situação, simplesmente deixou o tempo passar. Tivemos sim a exceção de um ou dois jogadores que não tiveram forças para atingir o resultado que eles queriam por conta de uma equipe conformada, apática.
Esse é o retrato de um país que vive de ilusão, que se conforma com as migalhas que são oferecidas por um grupo que rege o Estado sem o verdadeiro ideal político e sim baseados em interesses próprios. Parece que está tudo bem, assim como a nossa seleção parecia estar jogando bem, sabíamos desde o início que não estava, mas o ópio do Hexa era a esperança não só do povo como também dos políticos que desejavam o efeito nas urnas.
Pagamos impostos e estes obrigatoriamente teriam que ser revertidos em educação, hospitais, transportes etc..., mas infelizmente são usados para construções de estádios milionários, incontáveis bolsas que alimentam a ilusão daqueles que se acomodam com migalhas e não vão à luta, mas reclamam que poderiam estar ganhando mais.
Eu adoro esse país que nos presenteia com sua beleza, com suas araras, seus tucanos, com o verde das matas e o azul do mar. Rico por natureza, mas infelizmente explorado e detonado pela ambição de muitos que não merecem desfrutar das belezas que essa terra oferece.
Tenho orgulho de ser brasileira e sinto muita vergonha do nosso conformismo e falta de atitude diante dos que estão liderando esta nação.Vergonha de grupos de jovens que escondem a cara incitando a violência com atitudes criminosas depredando o próprio patrimônio e que se transformam em ídolos de muitos outros jovens sem noção de respeito e verdadeiro ideal. Vergonha daqueles que com pequenas atitudes diárias se igualam aos corruptos que tanto apontam.
Mesmo envergonhada, acredito no despertar dessa nação, no despertar dos que adormecem nesse mar de ilusões, acredito que se cada um fizer a sua parte no trabalho, em casa na educação dos filhos, nas urnas escolhendo os candidatos visando o bem de todos e não o próprio interesse, teremos um país digno de se viver com a qualidade que merecemos.

domingo, 29 de junho de 2014

Violência Invisível

Praticamos constantemente a violência invisível não só com outras pessoas como também com o nosso corpo físico e mental.
Quando não damos atenção adequada a nossa alimentação ou agredimos nosso organismo com vícios, estamos praticando a violência física.
Quando alimentamos nossa mente com pensamentos de raiva, ressentimentos, decepções,angustias, frustrações, ansiedade,etc... também estamos cometendo violência com o nosso corpo físico e mental.
Quando nos tornamos apáticos diante da vida, estamos nos violentando invisivelmente.
Geramos violência quando impomos nossa maneira de pensar sobre o outro, quando nos achamos os donos da verdade e não damos margem para que as pessoas com as quais convivemos se expressem de forma autêntica.
Geramos violência quando agimos com separatividade sem enxergarmos o todo.
Quando cortamos uma pessoa da nossa vida sem dar a ela qualquer explicação ou quando a mantemos presa ao nosso lado com chantagem emocional.
Violentamos uma criança enfatizando somente suas fraquezas sem valorizar suas virtudes,quando prometemos algo e não cumprimos.
A medida em que passamos a meditar sobre nossas atitudes, podemos perceber o quanto somos capazes de gerar violência.


Este tema é abordado com maestria pela Monja Coen Roshi, o vídeo é longo, mas vale a pena assistir.




sábado, 21 de junho de 2014

EM BUSCA DA REAL IDENTIDADE

Quando você mergulha no processo da reforma íntima, não há espaço para preocupações externas. A opinião das pessoas, o comportamento delas, a vida que elas levam, passa a ser irrelevante diante de uma causa maior que é o desvendar das possibilidades do “EU” verdadeiro.
Há uma considerável distância do que realmente somos para o que achamos que somos. Trata-se do “Eu real” e o “Eu ideal”. Sempre nos enxergamos como vítimas da sociedade ou das condições que a vida se apresentou ao longo da nossa jornada. Acreditamos que somos vítimas das dificuldades, das pessoas que nos magoaram e deixaram marcas. Trazemos traumas da nossa infância, da adolescência, da fase adulta, de relacionamentos mal resolvidos, enfim, inúmeros são os motivos que nos levam a uma vida de “coitadinhos”, “pobrezinhos”. E este sentimento piegas que trazemos coloca em risco a nossa capacidade de enxergar quem realmente nós somos. É forte a tendência de transferirmos a culpa para terceiros, quando na realidade não fazemos nada para sairmos da condição de “coitados”. Deveríamos agradecer às pessoas que intitulamos como nossos algozes no passado, pois estas serviram de instrumentos para o nosso crescimento. As dificuldades, as provas contribuem para o despertar da nossa força interior. Mas é infinitamente mais cômodo sentarmos no banco das lamentações e invocarmos as forças externas para que nos ajudem. Delegamos o destino de nossas vidas à terceiros. Tudo isso para não assumirmos a responsabilidade das nossas perdas e fracassos.
A verdade é que se nada aconteceu de bom na nossa vida, a responsabilidade é toda nossa, se estamos empacados sem conseguir avançar, a culpa é inteiramente nossa.
A vida é reflexo das nossas ações e atitudes. Se hoje estamos vivendo uma vida medíocre, é porque assim a semeamos. Estamos agindo como nossos próprios algozes, deixando a vida passar em branco, sem nada a realizar, mortos vivos, aguardando a hora do cortejo fúnebre.
Mas nunca é tarde para o despertar, para entender que podemos acessar a nossa força interior, de enxergar quem realmente somos, de identificar nosso lado sombra e trabalhar para que alcancemos a luz.
Temos a oportunidade diária da mudança interna e externa. Somos donos das nossas vidas.
Somos os únicos responsáveis pela nossa felicidade e sucesso.
Temos o nosso Deus interno que tudo pode e é capaz de transformar as nossas fraquezas em força para seguirmos em frente e alcançarmos a verdadeira felicidade.
A vida é uma dádiva que nos pertence e devemos vive-la com toda intensidade, não de boca pra fora e sim verdadeiramente colhendo os bons resultados dessa transformação.

domingo, 15 de junho de 2014

A INTERPRETAÇÃO DO AMOR




Tenho analisado muito a interpretação de amor que hoje em dia vem sendo dada pelas pessoas, principalmente pelos pais no que tange a educação dos filhos.
É gritante a falta de comprometimento e consciência na formação dos filhos como indivíduos.
Indivíduos estes que fazem parte de um todo, de uma sociedade, de uma coletividade.
A falta de educação e respeito impera no mundo moderno. O individualismo, o egoísmo, a falta de solidariedade são marcas registradas da atualidade. A noção de coletividade e sociedade não existe mais na prática.
Vejo crianças e adolescentes com total liberdade sem noção do que seja limite, ditando regras com uma imensurável inversão de valores.
Que tipo de amor é esse?
Amor ilusório que só abrange o próprio núcleo sem dar importância para o todo, gerando verdadeiros monstros, escravos da arrogância e falta de caráter.
Formar um indivíduo significa doação total de amor e esta doação é árdua, trabalhosa que inclui muitas vezes, mesmo com coração apertado, contrariar, ditar regras, impor limites.
A responsabilidade de um pai, de uma mãe não permite comodismo na educação.
O verdadeiro amor consiste em formar pessoas que estejam preparadas para se complementarem em atos de solidariedade , respeito, com visão do todo.
O verdadeiro amor gera pessoas capazes de trilhar no caminho da luz e não monstros presos e escravos da escuridão.

domingo, 1 de junho de 2014

DEUS - SEGUNDO SPINOZA






Assim como Baruch Spinoza, filósofo holandês(1632-1677), acredito em um Deus que une e não separa, que é amor e não medo, que ama seus filhos e não os castiga, que não julga, não condena, que é pleno, suave e constante.

DEUS SEGUNDO SPINOZA
“Pára de ficar rezando e batendo o peito! O que eu quero que faças é que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida.
Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que Eu fiz para ti.
Pára de ir a esses templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construíste e que acreditas ser a minha casa.
Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos lagos, nas praias. Aí é onde Eu vivo e aí expresso meu amor por ti.
Pára de me culpar da tua vida miserável: Eu nunca te disse que há algo mau em ti ou que eras um pecador, ou que tua sexualidade fosse algo mau. O sexo é um presente que Eu te dei e com o qual podes expressar teu amor, teu êxtase, tua alegria.
Assim, não me culpes por tudo o que te fizeram crer.
Pára de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo. Se não podes me ler num amanhecer, numa paisagem, no olhar de teus amigos, nos olhos de teu filhinho… Não me encontrarás em nenhum livro! Confia em mim e deixa de me pedir. Tu vais me dizer como fazer meu trabalho?
Pára de ter tanto medo de mim. Eu não te julgo, nem te critico, nem me irrito, nem te incomodo, nem te castigo. Eu sou puro amor.
Pára de me pedir perdão. Não há nada a perdoar. Se Eu te fiz… Eu te enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos, de necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio.
Como posso te culpar se respondes a algo que eu pus em ti?
Como posso te castigar por seres como és, se Eu sou quem te fez?
Crês que eu poderia criar um lugar para queimar a todos meus filhos que não se comportem bem, pelo resto da eternidade?
Que tipo de Deus pode fazer isso?
Esquece qualquer tipo de mandamento, qualquer tipo de lei; essas são artimanhas para te manipular, para te controlar, que só geram culpa em ti.
Respeita teu próximo e não faças o que não queiras para ti.
A única coisa que te peço é que prestes atenção a tua vida, que teu estado de alerta seja teu guia.
Esta vida não é uma prova, nem um degrau, nem um passo no caminho, nem um ensaio, nem um prelúdio para o paraíso.
Esta vida é o único que há aqui e agora, e o único que precisas.
Eu te fiz absolutamente livre.
Não há prêmios nem castigos. Não há pecados nem virtudes. Ninguém leva um placar. Ninguém leva um registro. Tu és absolutamente livre para fazer da tua vida um céu ou um inferno.
Não te poderia dizer se há algo depois desta vida, mas posso te dar um conselho.
Vive como se não o houvesse.
Como se esta fosse tua única oportunidade de aproveitar, de amar, de existir.
Assim, se não há nada, terás aproveitado da oportunidade que te dei. E se houver, tem certeza que Eu não vou te perguntar se foste comportado ou não.
Eu vou te perguntar se tu gostaste, se te divertiste… Do que mais gostaste? O que aprendeste?
Pára de crer em mim – crer é supor, adivinhar, imaginar.
Eu não quero que acredites em mim. Quero que me sintas em ti.
Quero que me sintas em ti quando beijas tua amada, quando agasalhas tua filhinha, quando acaricias teu cachorro, quando tomas banho no mar.
Pára de louvar-me!
Que tipo de Deus ególatra tu acreditas que Eu seja? Me aborrece que me louvem. Me cansa que agradeçam.
Tu te sentes grato? Demonstra-o cuidando de ti, de tua saúde, de tuas relações, do mundo.
Te sentes olhado, surpreendido?… Expressa tua alegria! Esse é o jeito de me louvar.
Pára de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te ensinaram sobre mim.
A única certeza é que tu estás aqui, que estás vivo, e que este mundo está cheio de maravilhas.
Para que precisas de mais milagres?
Para que tantas explicações?
Não me procures fora!
Não me acharás.
Procura-me dentro… aí é que estou, batendo em ti.
(Baruch Spinoza)

sábado, 31 de maio de 2014

PALCO DA VIDA


Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo.

E você pode evitar que ela vá a falência.

Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você.

Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestade, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem desilusões.

Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.

Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza.

Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos.

Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um não.

É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós.

É ter maturidade para falar eu errei.

É ter ousadia para dizer me perdoe.

É ter sensibilidade para expressar eu preciso de você.

É ter capacidade de dizer eu te amo.

É ter humildade da receptividade.

Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz . . .

E, quando você errar o caminho, recomece.

Pois assim você descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita.

Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.

Usar as perdas para refinar a paciência.

Usar as falhas para lapidar o prazer.

Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.

Jamais desista de si mesmo.

Jamais desista das pessoas que você ama.

Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um obstáculo imperdível, ainda que se apresentem dezenas de fatores a demonstrarem o contrário.

Pedras no caminho?

Guardo todas, um dia vou construir um castelo . .

(FERNANDO PESSOA)

sexta-feira, 16 de maio de 2014

DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA



O despertar da consciência consiste no entendimento de que tudo o que você necessita está dentro de você. Ninguém é responsável pelo seu sucesso ou fracasso a não ser você mesmo.
A vida funciona como o “Gênio da Lâmpada”, o que se ordena e projeta será retornado com a mesma intensidade.
Se você acredita que pode causar mal a alguém, tenha consciência que esta energia alimentada por você, retornará da mesma forma que foi projetada. Assim também funciona a frequência do amor; se emanado é retornado.
Não culpe outras pessoas por sua melancolia, frustrações, solidão, doenças e mazelas, porque tudo é resultado das suas ações.
Muitos fogem deste despertar por não quererem carregar seus próprios atos. É muito mais fácil projetar a culpa em fatores externos, delegar a responsabilidade às crenças e dogmas a chamar a obrigação para si mesmo.
O despertar da consciência exige a luta constante com suas próprias fraquezas, enxerga-las de forma lúcida e estar disposto a mudar o seu padrão mental e comportamental abrindo mão da sua zona de conforto que é o estado conhecido e cômodo.
Não existe milagre e sim vontade e persistência de enxergar o mundo com outros olhos.

sábado, 10 de maio de 2014

SER MÃE







Ser mãe é assinar um compromisso com a Inteligência Maior para orientar e encaminhar uma vida.
Ser mãe é assumir um compromisso sem curso preparatório, sem manual de instrução,
É assumir no escuro um projeto Divino.
Ser mãe é se responsabilizar por uma vida com a consciência de que qualquer deslize por mais sutil que seja na educação de um filho, pode ser fatal.
Ser Mãe é saber que a base de um filho depende de seus atos e atitudes e sentimentos.
Ser mãe é abdicar de um pedaço de si mesma para dedicar a essa vida que está sob sua responsabilidade.
Ser mãe é entender que estamos nessa missão como orientadoras e que a vida do filho não nos pertence.
Ser mãe é um exercício constante e cansativo, mas gratificante quando ao passar dos anos recebemos em dobro tudo o que foi doado com a satisfação de ver o filho realizado e feliz tendo a consciência de que ele não é nosso e sim do mundo!

quarta-feira, 7 de maio de 2014

COTAS PARA NEGROS EM CONCURSOS PÚBLICOS



Cotas para negros em concursos públicos
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou por unanimidade, nesta quarta-feira (7), o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 29/2014, que reserva 20% das vagas oferecidas em concursos públicos federais a candidatos negros e pardos. A proposta foi apresentada pelo Poder Executivo e aplica a reserva de vagas a órgãos da administração pública federal, autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista controladas pela União. (Fonte: Agência Senado)

Será que o Brasil é um País que não é racista?
Pois esta é a maior prova de racismo velada, contrariando os objetivos fundamentais declarados na Constituição Federal que almeja promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo,cor,idade e quaisquer outras formas de discriminação e que garante que todos somos iguais perante a lei...
É um verdadeiro absurdo que um processo seletivo, o qual se avalia a capacidade de conhecimento de um candidato, beneficie um grupo pelo tom da pele. É admitir descaradamente que o racismo impera neste país.
Em pleno século 21, ainda se aplica essa vergonha de diferenciar pessoas por tom de pele, alegando que a raça negra é menos beneficiada. Esta afirmação não passa de projeção piegas de uma política podre da qual se fortalece por incutir essa mediocridade na mente das pessoas, reforçando ainda mais a exclusão.
Nosso país não precisa de cotas para negros nas universidades e nem em concursos públicos e sim resgatar a dignidade que todos temos direito por meio de uma política séria e responsável beneficiando todos e não intitulando minorias.
Precisamos ter a consciência de que todos somos iguais e que raça só existe apenas uma: A Humana!

sexta-feira, 2 de maio de 2014

CONTEMPLANDO A VIDA



Hoje pela manhã durante a caminhada que faço diariamente olhando para o céu azul como imagino ser o manto da Divina Mãe, observava a alegria dos pássaros barulhentos complementando o lindo cenário de árvores de folhas verdinhas saudando a brisa da manhã.
Fui tomada por enorme gratidão por fazer parte desse universo tão lindo que é a natureza e ter sido criada na imagem e semelhança do Criador, poder enxergar toda essa beleza, poder ouvir o trinar dos pássaros, sentir a brisa da manhã em meu rosto e o suave calor do sol. Que alegria poder desfrutar e compor esse cenário que nos é ofertado pelo milagre da vida. Enquanto muitos reclamam, não observam quão mágicos são esses momentos que podemos desfrutar sem ter que dar nada em troca a não ser a vontade de viver e reconhecer a magia dessa energia que se faz Divina quando reconhecida e sentida. Fiquei imaginando como é curta essa vida para permitirmos que a irritação, o estresse, a ingratidão, o mau humor, a falta de tolerância façam parte da nossa rotina que deveria ser composta somente de sentimentos que nos trazem paz e plenitude.
A natureza é perfeita e dela fazemos parte, atraímos tudo que projetamos com nossas palavras, atitudes e pensamentos, se estivermos vibrando em um a frequência de desamor é isso que receberemos, mas se vibrarmos em uma frequência de amor e paz, teremos tranquilidade e segurança para superarmos todos os obstáculos e desafios que contribuem para o nosso crescimento.
A vida está aí com toda a sua beleza para ser vivida, nos cabe escolher qual o caminho a seguir: o de espinhos ou o das rosas.

sábado, 26 de abril de 2014

CONVIVENDO COM AS DIFERENÇAS



Aprender a conviver com as diferenças.
Como é difícil aceitar os defeitos daqueles que temos que conviver, mas é tão simples conviver com os nossos próprios defeitos, por que será?
A resposta é simples, o nosso olhar interno está sempre coberto por uma cortina de arrogância, egoísmo o que nos torna absolutamente cegos, porém o outro enxergamos com os olhos externos e estes possuem uma enorme capacidade de julgamento e crítica.
Quão poderoso é o nosso olhar interno, a medida que passamos a exercitá-lo, os defeitos alheios certamente tornam-se mais leves.
Com esta atitude, entenderemos que os defeitos do outro que nos atinge tanto, nada mais é que puro aprendizado e que esta pessoa difícil é o instrumento para o nosso crescimento.
Conviver com pessoas que agem e pensam da mesma forma que pensamos e agimos é muito gostoso, mas para seara do crescimento nada representa.
Quando assumimos as rédeas da nossa consciência e começamos entender que cada um de nós tem a liberdade de ser e agir como bem entendemos porque somos livres e responsáveis por nossas atitudes, a vida fica mais leve e mais simples.
O tempo que perdemos julgando e criticando outras pessoas, podemos aplicar no exercício da nossa identidade. Será que sabemos profundamente quem somos?
Posso afirmar que não, a maioria das pessoas pensa que são o que nem chegam perto de ser. A falta de análise dos próprios atos é que gera esse tipo de ilusão. Quando achamos que somos vítimas, se paramos para analisar todo contexto nossas atitudes e gestos com a mesma intensidade com que julgamos o outro, enxergaremos que de vítimas passaremos a vilões.
Difícil e árdua é a proposta da autoanálise, é um processo tão dolorido que poucos se habilitam à prática, mas quando acontece a vida se torna mágica.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

ANIVERSÁRIO DA MINHA LINDA!




Parabéns minha menina!!!!
Por mais que a vida se apresente de uma forma difícil ou que pregue peças que nos tiram o rumo, jamais é tarde pra recomeçar, reconquistar o que foi deixado pelo caminho e de cabeça erguida seguir em frente!
Hoje é seu aniversário, mas quem ganhou o presente fomos nós, por ter você irradiando alegria em nossos dias.
Você é doce, humana, meiga, uma pessoinha pra lá de especial, tolos são aqueles que não valorizam ou não souberam valorizar o tesouro que carregas no coração. Tal qual uma leoa, estarei ao seu lado combatendo aqueles que lhe faltarem com respeito, não valorizando sua sensibilidade, tratando-lhe com descaso e desdém.
Quero que saibas que assim como uma filha, tens lugar cativo em meu coração e de mãos dadas trilharemos essa estrada até que possas como águia alçar um lindo voo em busca de realização junto a seus filhos.
Nós todos te amamos muito e estaremos sempre ao teu lado para o que der e vier!!!
Tia-mãe, tio-pai e primos irmãos!

sábado, 19 de abril de 2014

PÁSCOA, RENASCER, RECOMEÇAR



Mesmo que a vida esteja nublada como céu aguardando uma tempestade, nunca será tarde para a decisão de mudar e recomeçar...
O poder de mudança está dentro de cada um, mas para mudar é necessário atitude, ação e vontade.
Não importa os erros do passado, o que passou ficou para trás e não faz mais parte do momento, que sirva como referência para análise das atitudes futuras.
Os desafios são necessários para o nosso crescimento, sofrer é opcional.
Quando entendemos o processo da vida, o sofrimento passa a ser uma aula difícil e quando termina estamos mais maduros e seguros para seguir em frente.
Renascer, recomeçar é a mensagem que a Páscoa nos traz.

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Filhão, 24 anos


Há vinte quatro anos no dia de hoje minha vida ganhava um novo sentido.
Trocando uma vida aventureira e sem compromisso por uma imensa responsabilidade de ser mãe.
Você chegou, invadiu minha vida, tirou minhas noites de sono, chorava dia e noite de fome porque meu leite não satisfazia sua fome e eu chorava frustrada porque você não mamava e perdendo peso a cada dia, eu me sentia culpada e aos trancos e barrancos, tal qual marinheiro de primeira viagem, fui aos poucos aprendendo a cuidar de você, assistindo seus primeiros passos, as primeiras palavras, o primeiro dia de aula, a primeira namorada, a conquista da carteira de habilitação, o sofrimento de entrar para o exército, a aprovação na faculdade e o primeiro emprego. Hoje já um homem, mas pra mim sempre um arteiro menino enche meus dias de alegria. Nossas lutas e mordidas, brincadeiras pesadas com mãos pernas e braços com direito a um dedo quebrado,guerra de água, desenham nosso amor.
Como é imenso o meu amor por você. Sei que devo ter cometido vários erros na sua criação porque filho não vem com manual de instrução, mas se cometi foi por excesso do meu amor.
Parabéns meu bebê que cresceu e se transformou em super homem, sensível, sensato, iluminado, amigo, parceiro, nosso orgulho, nosso Clark Kent!
Que Deus continue te abençoando e iluminando, regando sua trajetória com muito amor, paz, harmonia e grandes realizações profissionais e pessoais.
Um beijo da mamãe, do papai e da irmã.
Estaremos todos sempre juntos e misturados.
Nós te amamos muito!!!!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 16 de abril de 2014

"Mulher é bicho esquisito, todo mês sangra"


“Mulher é bicho esquisito, todo mês sangra”
(Rita Lee)

O Universo feminino é tão complexo e pra completar somos vítimas de tal Tensão Pré Menstrual, que mexe com todos os nossos hormônios. Durante este processo ficamos insuportáveis, o bom é que reconhecemos isso.
Somos tomadas pelos mais diversos sentimentos, até aquele gatinho na rua abandonado é motivo de choro.
No mercado, na padaria, no açougue, onde quer que seja se pedirmos alguma coisa e não formos atendidas adequadamente já é motivo de lançar uma raiva crucial sobre a vítima e dependendo do temperamento de cada uma, pode ir de um olhar fuzilante a um acesso de nervos.
Os maridos, namorados, companheiros, são o alvo principal, são as vítimas. Tudo que eles falam ou fazem é motivo de críticas e censuras.
O descontrole impera, quando subimos na balança, se estivermos acima ou abaixo do peso, choraremos da mesma forma, porque nos sentimos feias, gordas, magras, ficamos péssimas.
A vida passa de azul à cinza em um piscar de olhos.
Para sair de casa é outro problema sério neste período, a barriga fica maior, e aí nenhuma roupa serve, o espelho passa a ser o nosso maior inimigo.
As contrariedades rotineiras assumem a dimensão de um maremoto.
É um verdadeiro turbilhão em nossos sentimentos, ficamos angustiadas, nostálgicas, irritadas, insuportáveis, nem nós mulheres nos aguentamos.
Ainda bem que como dizia minha saudosa e sábia mãe: “tudo nesta vida passa”.
Passado esse período, tudo volta ao normal até o próximo ciclo menstrual.
Com toda essa explosão de sentimentos, temos que admitir que o mundo sem as mulheres não teria a menor graça. Somos capazes de colorir a vida com nossas emoções!

terça-feira, 15 de abril de 2014

ECLIPSE LUNAR


O eclipse lunar ocorre sempre que o sol, a terra e a lua se encontram próximos em perfeito alinhamento e a lua é ocultada pela sombra da terra.

Um fenômeno lindo, mais um presente da natureza brindando nossos olhos com sua beleza.
Quando presenciamos um fenômeno desses sentimos o quanto é mágico viver!

quinta-feira, 10 de abril de 2014

PAZ




Em um mundo tão barulhento, a paz fica cada vez mais distante das pessoas que acreditam que este sentimento pleno só existe em contos de fadas.
Vejo pessoas irritadas de mau humor, expandindo energias pesadas, contaminando todo o ambiente em que vivem, fazendo mal aos que estão em volta e a si próprios.
São incapazes de enxergar a magia da vida, os presentes que a vida oferece a cada um de nós diariamente.
Os estressados não conseguem admirar a beleza de uma flor, a força de uma árvore, irritam-se com o canto dos pássaros, reclamam do calor do sol, da umidade do vento, das peripécias inocentes de uma criança. A ausência de paz faz com que estas pessoas só enxerguem o negativo.
Pobre destas pessoas que não estão vendo e nem sentindo a vida passar, estão perdendo a oportunidade de conhecerem a verdadeira felicidade, simplesmente porque se negam a olhar para dentro de si e encontrar o maior tesouro que lá habita: A PAZ.

sábado, 29 de março de 2014

"E ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE"

Hoje pela manhã estive em uma cerimônia fúnebre de uma mulher de 37 anos que lutou incansavelmente contra uma doença que a consumia há dois anos. Em meio àquele ambiente triste de pura emoção, fiquei imaginando o quanto aquela criatura deve ter sofrido não só com a doença que lhe tomou todo o corpo, mas com os motivos que levaram a contrair tal moléstia. Fiquei olhando para as pessoas chorando e se lamentando e imaginei quantas delas contribuíram inconscientemente para essa enfermidade e agora estavam ali em profundo desespero. De que adianta tanto choro e lamentações quando não existe mais nada a fazer. Devemos ter essa consciência quando as pessoas estão vivas e saudáveis ao nosso lado. Desarmonia, brigas e desequilíbrio imperam em certos ambientes, pessoas tentam a todo custo impor suas vontades sem respeitar o limite do outro. Palavras duras e impensadas são ditas na intenção de massacrar a outra pessoa que não está correspondendo às expectativas do outro. E quando a pessoa não tem o temperamento de explodir ou colocar pra fora tudo o que está sentindo, acaba somatizando e contraindo sérias doenças. E é isso que acontece; pessoas se descontrolam, se agridem, adoecem e morrem. Reflexo de total falta de equilíbrio e harmonia na humanidade. O mundo seria bem melhor se as pessoas avaliassem seus próprios atos e atitudes sem transferir suas frustrações e crises de existências para os que se encontram em situação de dependência, seja emocional, física ou financeira. A pessoa quando é descontrolada emocionalmente acaba com a própria saúde e com a saúde de quem está perto. Com a diferença de que quem está descarregando não engole tanto quanto quem está recebendo. E aí acontece todos os dias cena igual a que eu presenciei hoje, pessoas que morrem por serem para-raios das neuroses de outras com quem são obrigadas a conviver. "E assim caminha a humanidade".

sexta-feira, 28 de março de 2014

VIDA

O que será da vida? Se não existir a alegria natural que habita em cada Ser. se sufocarmos nossos sentimentos, se calarmos para nossa verdade, se não existir o desapego, a ousadia e a perseverança. Se a resiliência não fizer parte da nossa história, se a admiração pelo simples for ignorado, se a gratidão não fizer parte das nossas orações. A vida será um vale de lamentações, frustrações e tristezas. Será uma eterna escuridão. Nascemos todos sob o holofote Divino e não devemos desviar desse caminho. Somos frutos da paixão, do amor desde a nossa concepção, nascemos com o direito à felicidade, nascemos para brilhar! Desviar deste caminho é uma questão de escolha.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

DEPRESSÃO, UM ASSUNTO QUE ANDA EM ALTA ULTIMAMENTE.

Depressão é um assunto que anda em alta ultimamente. Os que estão do lado de fora da situação julgam “frescura, falta de ocupação, capricho” e os que sofrem de depressão se julgam vítimas de um mal devastador. A verdade é que só quem passa pela situação consegue avaliar o que sente. Este mal que assola parte da humanidade faz um verdadeiro estrago na vida da pessoa. O desânimo, a falta de vontade de viver e realizar algo de bom são sombras constantes na mente do deprimido. A internet que muitos julgam ser uma aliada de forma positiva, ao contrário, colabora e muito para o isolamento total, afasta a pessoa da realidade que se acomoda a um mundo virtual, onde tudo parece ser lindo e maravilhoso. No mundo virtual a depressão é cultuada por alguns que se tornam doutores no assunto por não conseguirem a libertação e ainda existe os que não sofrem desse mal, mas que em atitude solidária incentivam e alimentam os que sofrem ,por meio de textos que fazem alusão a essa doença. A verdade é que todos nós passamos por esse processo de depressão, quando somos contrariados em alguma coisa, frustrados por algo que não conseguimos atingir, por um amor não correspondido, pela impotência de não conseguirmos mudar determinada situação desconfortável, por recordações do passado, por estarmos acima ou abaixo do peso ideal, enfim, inúmeras são as causas que nos levam ao estado depressivo. A diferença está na forma com que a pessoa encara o problema. A vitimização é uma forte aliada à depressão. Enquanto a pessoa estiver alimentando este sentimento, mais ela se tornará presa a esta doença. A pessoa deprimida é presa fácil para os vampiros que se encontram espalhados pelo astral e se alimentam desse sentimento negativo, dificultando a libertação do vampirizado, tornando-os apáticos, sem vontade de viver, dependentes compulsivos de remédios e sentimentos negativos, levando a vítima à morte. Sabemos que a morte não é o fim e sim o início de um processo que nessa situação pode ser muito mais dolorido. Um tratamento com medicamentos indicados por um profissional consciente ajuda, mas se a própria pessoa não se conscientizar que precisa se libertar desse processo e lutar contra toda essa energia que a mantém prisioneira dessa doença, não há tratamento no mundo que resolverá o problema e proporcionará a libertação. Essa atitude tem que partir da própria pessoa. Essa força está dentro de cada um. Todos nós somos capazes de vencer qualquer desafio por mais difícil que seja. A essência Divina está dentro de cada um e é capaz de transformar a sombra em Luz, a doença em saúde, o desespero em esperança, a fraqueza em força e o rancor em amor. Afaste a depressão com pensamentos positivos, através da meditação e do encontro com sua essência Divina, liberte-se daqueles que querem fazer de você um instrumento do sofrimento. Tenha sempre em mente que você está neste mundo para ser feliz, com total capacidade para realizar todos os seus sonhos. Faça projetos para o futuro, ocupe sua mente e seu coração com bons sentimentos, saia um pouco do mundo virtual e procure algo real que lhe dê prazer....dança, canto, esporte, enfim, viva essa vida que é sua e super passageira e que só pode ser vivida por VOCÊ!

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Libertação da culpa para o alcance da cura física

A culpa é um dos grandes agentes nocivos para corpo físico. Ela se fixa no plano mental e destrói gradativamente o físico de uma pessoa. Ter consciência dos erros cometidos no passado é de suma importância, estes devem ser analisados em seus atos e consequências, mas não devem representar um fardo a ser levado adiante. O reconhecimento da falha implica na correção à medida do possível da mesma, com a consciência de que não há possibilidade de voltar no tempo para repará-la e sim que não seja cometida novamente. O autoperdão é necessário para o processo de cura, pois enquanto a mente não se liberta da culpa, o corpo não libera o mal nele causado. Se autoperdoar não significa estar livre das consequências e sim entendê-las sem revolta, com a consciência de que o resgate já está sendo feito sem que seja necessária a autopunição. As provas e expiações fazem parte desse plano. Aqui existe a possibilidade dos erros e correção. Mediante a compreensão das falhas, ocorre o crescimento espiritual. As falhas devem ser analisadas de acordo com o contexto apresentado para melhor compreensão dos atos praticados. Uma série de fatores implica nas atitudes e reações de cada Ser vivente. O esclarecimento não está ligado a culpa e sim a análise de todo o processo, a compreensão das atitudes praticadas e a correção na medida do possível em situações futuras. A essência maior da vida não se resume em não cometer erros e sim ter consciência dos mesmos e resgatá-los assumindo as consequências sem autopunição. “Orar e Vigiar”, a oração faz parte da conexão com o “Eu Superior” capaz de trazer à consciência os erros cometidos. Vigiar implica na correção dos erros e se não for possível a correção que se faça presente a consciência das consequências e a não repetição dos mesmos. Com o processo evolutivo acelerado, as falhas devem ser corrigidas de imediato e não postergadas para serem corrigidas no ciclo seguinte. Deve-se considerar falha todo ato que prejudica terceiros e principalmente a si próprio. Os fatores internos que prejudicam o corpo físico têm o mesmo peso dos externos. O descaso com o corpo físico é uma grande falha e este não está só associado à má alimentação, excessos, drogas, etc... Os sentimentos negativos alimentados em nossa mente têm força suficiente para danificar o corpo físico tal qual a fatores externos. Vigiar os pensamentos e sentimentos é um exercício que deve ser considerado para que a saúde física seja poupada de agressores que se transformam em doenças que podem ser irreversíveis. O Poder de cura e transformação está dentro de cada um. Os médicos, amigos, familiares e irmãos da espiritualidade, representam o suporte para auxílio da cura, mas a responsabilidade maior está no interior de cada um, na capacidade de autoanálise e superação das provas apresentadas, sem que haja sentimento de autopiedade e autopunição. A sabedoria individual consiste em analisar todo o processo vivido e ajustar a auto conduta a fim de alcançar a essência Divina que habita em cada Um. Para que a consciência coletiva se torne Uno com o Pai é necessário o esforço para a transformação individual. Todos pertencem a um Todo, mas cada partícula desse todo é única. Canalizado por Hilda Stein em 17/02/2014.