Caro leitor

Este blog é a fiel expressão da minha visão de mundo.

Acredito na ideia do todo, onde todos somos um e que minhas atitudes, minha forma de pensar geram energias que refletem na existência do outro. Daí a importância de estarmos sempre na frequência do bem, dos bons pensamentos, vibrando sempre na frequência de Luz. Estamos em aprendizado e as falhas, as tentações, deslizes ao retrocesso estão conjugados ao nosso Ser. Devemos estar atentos aos nossos pensamentos, atitudes e tipo de energia que emitimos e expandimos para o Universo. Espero que os textos que escrevo e os de outros autores que aqui publico,possam acrescentar algo de construtivo para os que lerem.

(Hilda Stein)

Google+ Followers

sábado, 27 de dezembro de 2014

NA PASSAGEM DE ANO VOU VESTIR AZUL


2014 chegando ao fim!
Fazendo uma análise rápida da minha vida pessoal, foi um ano de grandes desafios, de muitas batalhas internas e de crescimento. Um ano de conquistas, com a entrada de pessoas especiais na minha vida. Posso dizer que estou terminando o ano de 2014 com um saldo positivo, porém preocupada e nada alegre com o que estou presenciando e vivenciando no nosso País.
Um show de escândalos, cinismo, politicagem barata, servidores sem receber salários, a Petrobrás praticamente quebrada,o país num verdadeiro caos. E o pior muita gente, pelo menos metade da população achando tudo natural, defendendo de unhas e dentes essa corja que está no poder. Será que eu sou burra em discordar de tudo isso que está acontecendo?
Sim, porque vejo pessoas intelectualizadas achando esse governo o máximo!
Eu não aguento mais assistir tanta sujeira, estou com nojo de tudo que estou presenciando, Eu quero mudança!
Eu quero viver em um país de gente com ideal verdadeiro, pensando no todo e não no próprio umbigo.
Eu quero um país que honre com os impostos que pagamos, sendo aplicados na saúde, na educação , no transporte, na segurança, enfim, um país digno e não essa farsa ideológica em que estamos vivendo que visa unicamente interesses de uma minoria que consegue manipular as mentes fracas e analfabetas em trocas de migalhas.
Eu quero viver com dignidade, porque temos recursos naturais suficientes para isto!
O que falta é firmeza de caráter não só dos governantes, como também dos que se deixam manipular por migalhas!
Eu quero poder trabalhar dignamente e desfrutar do resultado do meu trabalho.
Assim como muitos brasileiros, estou cansada dessa hipocrisia.
Eu quero Justiça, quero mudança, quero um País digno, azul e não vermelho.
Por isso na passagem de ano estarei embarcando na onda azul, para ver se a sorte desse país muda, sem representar nenhum político e sim uma cor de mudança, harmonia e prosperidade para todos!
Desejo que 2015 seja um ano de muita reflexão e união!

domingo, 21 de dezembro de 2014

Muito lindo!!!!

A boa música sempre proporciona a sensação de bem estar.
Alegra a alma e alimenta o espírito.



domingo, 14 de dezembro de 2014

PORQUE É NATAL....




O Natal não se resume a troca de presentes ou consumismo desenfreado.
O momento é de reflexão, data que se comemora o nascimento de Jesus, representante do amor, da caridade, do perdão, da compaixão, da retidão, benevolência e fraternidade.
Momento que devemos fazer nascer em cada um de nós estas virtudes e sentimentos, não só na teoria, mas na prática, tentando exercê-las no nosso dia a dia.
A energia do Natal me fascina e me contagia, por isso desejo a todos um Feliz Natal!
Com a presença do representante do Amor em nossos corações!


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

FELICIDADE





Será que a felicidade está vinculada a acontecimentos externos?
Muitas pessoas associam felicidade com acontecimentos efêmeros.
Penso que a felicidade se distancia e muito de alegria e de prazer.
Alegria e prazer são sentimentos passageiros, mas a felicidade não, a felicidade é um sentimento que se eterniza quando alcançado.
Quem é feliz não está livre de passar por tristezas, aborrecimentos e frustrações.
Ser feliz não é viver em êxtase e sim atingir uma paz e tranquilidade inatingível.
Há uma diferença entre estar feliz e ser feliz, o primeiro termo é o oposto da tristeza e o segundo é um estado de consciência e de realização.
Ser feliz não descarta a hipótese de sofrer momentos de stress, de descontentamento, de contrariedade, porém são momentos que passam e a felicidade é contínua.
Felicidade é um sentimento tão sublime que é difícil sintetizar.
Acredito que todos nós nascemos com a felicidade, só que a vinculamos com o mundo físico e aí é que acontece a confusão.
Ouço as pessoas dizerem que serão felizes, quando trocarem de carro, ou comprarem uma casa, ou encontrarem o homem ou mulher dos seus sonhos e por aí vai...Não passam de desejos vinculados à matéria, que depois de alcançados serão substituídos por outros desejos e isso jamais terá fim, concluindo que a “felicidade” também jamais será atingida.
A verdadeira felicidade está dentro e não fora, quando alcançada, atingindo ou não os desejos materiais, ela continuará lá dentro inabalável.
Exemplificando: Eu sou feliz, mas não estou satisfeita com o carro que tenho, quero fazer a viagem dos meus sonhos e não tenho dinheiro, ainda não encontrei meu príncipe encantado, mas sou feliz, porque sei que tudo isso é passageiro, mas a minha paz, a leveza que trago dentro de mim é eterna, nada do que é material será capaz de tirar ou de somar. Assim é a felicidade, plena,eterna, desvinculada de qualquer desejo.


segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

A FLEXIBILIDADE DA VIDA

Fonte imagem: net


Que maravilha que a vida não é rígida e sim flexível.
Podemos mudar o tempo todo. Mudar de casa, mudar de cabelo, de carro, de roupa, de sapatos, de hábitos alimentares, de conduta, de atitudes, a forma de pensar, enfim, podemos mudar sempre, porque somos seres em constante transformação.
Estamos em constante mudança, nosso organismo muda o tempo todo.
Então este conceito de que “sou assim e pronto!”, também pode ser revisto e mudado.
A transformação da lagarta em borboleta é uma excelente constatação de que a vida exige mudanças e às vezes radicais.
E o bom da vida é justamente isso, podemos e devemos mudar!
Não é porque erramos no passado, que temos que carregar o deslize mal dado para o resto da vida. Passou, agora mude e siga em frente.
As consequências dos nossos passos sempre estarão presentes, mas o bom é que também passa, tudo na vida passa.
O importante é saber enxergar o que precisa ser mudado, esta não é uma tarefa fácil, mas não é impossível. Com humildade e cientes de que não somos perfeitos, teremos a capacidade de enxergar nossos defeitos e trabalha-lhos.
Se até as pedras sofrem transformações, por que nós que somos muito mais do que simples pedras, não teremos a capacidade de aceitar mudanças?