Caro leitor

Este blog é a fiel expressão da minha visão de mundo.

Acredito na ideia do todo, onde todos somos um e que minhas atitudes, minha forma de pensar geram energias que refletem na existência do outro. Daí a importância de estarmos sempre na frequência do bem, dos bons pensamentos, vibrando sempre na frequência de Luz. Estamos em aprendizado e as falhas, as tentações, deslizes ao retrocesso estão conjugados ao nosso Ser. Devemos estar atentos aos nossos pensamentos, atitudes e tipo de energia que emitimos e expandimos para o Universo. Espero que os textos que escrevo e os de outros autores que aqui publico,possam acrescentar algo de construtivo para os que lerem.

(Hilda Stein)

Google+ Followers

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

VIVER CONSCIENTE


Sua cabeça e seu corpo andam sempre juntos?
A resposta rápida para esta pergunta seria: É lógico que sim!
Na verdade a nossa cabeça anda completamente separada do nosso corpo a maior parte do tempo.
Inúmeras são as vezes que não sabemos onde colocamos um objeto que acabamos de guardar, ou se tomamos ou não o remédio o qual fazemos uso regularmente.
Estamos acostumados a colocar nossas ações no “piloto automático” e não levamos a nossa consciência em nada que já estamos habituados a fazer. Muito diferente dos orientais, estes se estiverem abrindo uma porta se concentrarão no ato de abrir a porta, mas nós que somos ocidentais, não temos a menor concentração nos atos simples e rotineiros.
Quando estamos no carro dirigindo, somos capazes de pensar em todos os problemas imagináveis, afetivos, profissionais, pessoais, financeiros, entretanto o que realmente precisa da nossa atenção é o ato de dirigir e quantas vezes erramos o caminho por conta da nossa distração.
E assim realizamos praticamente tudo em nossa vida, sem levar a atenção para o que estamos realizando, sem ter a devida consciência do que estamos realmente fazendo. Isso está tão enraizado na nossa forma de viver que não damos conta que vivemos o tempo todo de forma inconsciente.
Vivemos no passado recordando o que ficou pra trás ou no futuro preocupados com o que irá acontecer, mas esquecemos de viver plenamente o presente, nele está o real aprendizado e o maior prazer da vida que é estarmos no domínio das nossas atitudes.
Viver com plena consciência é algo que desconhecemos porque não estamos habituados a esta prática. Por isso é muito difícil, porém não é impossível, basta exercitar o domínio dos pensamentos, unir a cabeça ao corpo para que estejamos inteiros e conscientes da nossa trajetória.
Agindo desta forma viveremos em plenitude, porque haverá a verdadeira fusão do corpo e da mente.
Viver no “automático” nos impossibilita de apreciarmos os importantes momentos da vida.

Valorize os pequenos momentos da vida e estes se tornarão grandes!