Caro leitor

Este blog é a fiel expressão da minha visão de mundo.

Acredito na ideia do todo, onde todos somos um e que minhas atitudes, minha forma de pensar geram energias que refletem na existência do outro. Daí a importância de estarmos sempre na frequência do bem, dos bons pensamentos, vibrando sempre na frequência de Luz. Estamos em aprendizado e as falhas, as tentações, deslizes ao retrocesso estão conjugados ao nosso Ser. Devemos estar atentos aos nossos pensamentos, atitudes e tipo de energia que emitimos e expandimos para o Universo. Espero que os textos que escrevo e os de outros autores que aqui publico,possam acrescentar algo de construtivo para os que lerem.

(Hilda Stein)

Google+ Followers

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

COITADO DE VOCÊ...

Fonte: Google Imagens.





Coitado de você que trabalha e não tem tempo pra nada...
Coitado de você que está desempregado há tanto tempo...
Coitado de você que não gosta do emprego que tem...
Coitado de você que tem tanto dinheiro e não é feliz...
Coitado de você que não tem dinheiro para pagar suas contas...
Coitado de você que consegue pagar suas contas e não sobra nem um tostão para passar o resto do mês...
Coitado de você que tem uma mulher ou um marido e se sente prisioneiro nesta relação...
Coitado de você que está sozinho a procura de um amor...
Coitado de você que tem filhos e que te dão tanto trabalho...
Coitado de você que é sozinho na vida e nem filhos pra te dar trabalho você tem...
Coitado de você que tem cabelos tão crespos...
Coitado de você que tem cabelos lisos demais e não segura um grampo.
Coitado de você que tem a pele negra e sofre discriminação...
Coitado de você que tem a pele tão branca propensa a várias doenças...
Coitado de você que não tem pernas e não consegue andar...
Coitado de você que tem as duas pernas, mas vive sentado sem ânimo...
Coitado de você que sofre de depressão...
Coitado de você que é tão alegre e rejeitado por todos...
Coitado de você que tem tantos problemas...
Coitado de você que não tem problema nenhum e vive na ociosidade...
Coitado de você que tem uma casa enorme pra limpar e ninguém para ajudar...
Coitado de você que não tem casa pra morar...
Coitado de você que qualquer que seja a situação que se encontre, se considera sempre um coitado...
Coitado de você...