Caro leitor

Este blog é a fiel expressão da minha visão de mundo.

Acredito na ideia do todo, onde todos somos um e que minhas atitudes, minha forma de pensar geram energias que refletem na existência do outro. Daí a importância de estarmos sempre na frequência do bem, dos bons pensamentos, vibrando sempre na frequência de Luz. Estamos em aprendizado e as falhas, as tentações, deslizes ao retrocesso estão conjugados ao nosso Ser. Devemos estar atentos aos nossos pensamentos, atitudes e tipo de energia que emitimos e expandimos para o Universo. Espero que os textos que escrevo e os de outros autores que aqui publico,possam acrescentar algo de construtivo para os que lerem.

(Hilda Stein)

sábado, 20 de agosto de 2011

Relação entre pais e filhos




A maioria dos pais projetam seus desejos e anseios em seus filhos que crescem e seguem o caminho por eles mesmos escolhido, criando uma frustração para os pais.
Quando o pai e mãe, entenderem que são apenas orientadores de seus filhos e não donos de suas vidas, a relação entre pais e filhos ficará mais fácil. Quando os filhos são pequenos, são completamente dependentes dos pais, criando um vínculo de posse ilusório.
A missão dos pais é orientar e educar seus filhos, preparando-os para os desafios da vida. Dar a base necessária para que estes sejam pessoas seguras, bem intencionadas capazes de traçar o próprio futuro. A vida é um ciclo, onde todos são filhos e futuramente serão pais, portanto todos têm a mesma oportunidade de escolhas. E os pais devem ter a consciência que já tiveram a oportunidade de escolha e permitirem que seus filhos tenham essa oportunidade. Os sonhos dos filhos nem sempre são os sonhos dos pais e isso deve ser respeitado. Se um pai sonhava em ser médico e não realizou essa conquista, ele tende a projetar em seu filho esse sonho frustrado, sem se importar se esse é o sonho do filho e aí o que acontece é um enorme abismo nessa relação.
O respeito deve ser mútuo e partir dos pais que devem liderar essa relação não com imposições e sim com exemplos. Se um pai é um médico conceituado, pode ser que, com esse exemplo, o filho venha a sonhar com isso também. Isso é o que ocorre constantemente, filhos seguirem a mesma profissão dos pais por admirarem a trajetória da carreira bem sucedida e o projeto de vida passa a ser o mesmo, mas cada um com seu toque pessoal.
A vida seria mais agradável se o respeito fosse mútuo, mas infelizmente a maioria dos pais detém a verdade absoluta, gerando a falta de diálogo e compreensão, esquecendo que já foram filhos e repetem na maioria das vezes os mesmos erros cometidos por seus pais e projetam suas frustrações nos filhos, alegando o "respeito" em uma relação que deixa de ser verdadeira e passa a ser viciosa.