Caro leitor

Este blog é a fiel expressão da minha visão de mundo.

Acredito na ideia do todo, onde todos somos um e que minhas atitudes, minha forma de pensar geram energias que refletem na existência do outro. Daí a importância de estarmos sempre na frequência do bem, dos bons pensamentos, vibrando sempre na frequência de Luz. Estamos em aprendizado e as falhas, as tentações, deslizes ao retrocesso estão conjugados ao nosso Ser. Devemos estar atentos aos nossos pensamentos, atitudes e tipo de energia que emitimos e expandimos para o Universo. Espero que os textos que escrevo e os de outros autores que aqui publico,possam acrescentar algo de construtivo para os que lerem.

(Hilda Stein)

terça-feira, 5 de maio de 2015

DIREITO DE RESPOSTA

imagem net


Quem vive em sociedade está sujeito a críticas, falácias, mexericos, elogios, afetos e desafetos. Tudo isso faz parte da vida em grupo. E querendo ou não, temos que conviver não só com os verdadeiros, mas também com os hipócritas. Assim é regida a vida na sociedade. Sabendo que não sou exceção e sou alvo de alguns comentários, resolvi me dar o direito de resposta para aqueles que não falam diretamente pra mim o que pensam, mas que transmitem suas opiniões de forma que estas cheguem aos meus ouvidos.
Para os que falam que sou dona da verdade, eu respondo que procuro a minha verdade e tento vivê-la no meu dia a dia.
Para os que falam que eu “me acho”, eu respondo que eu não me acho, mas tento ser.
Para os que falam que eu gosto de aparecer, eu respondo que não tenho nenhuma pretensão de ser invisível.
Para os que não gostam dos textos que escrevo, respondo que sinto muito, mas minha cabeça borbulha por muitos outros.
Para os que gostam e elogiam os meus textos, eu agradeço e digo que o apoio de vocês é o combustível para a minha cabeça borbulhar.
Para os meus afetos eu digo que vocês são muito importantes na minha vida e me completam.
Para os meus desafetos eu digo que vocês são importantes na minha vida, pois são veículos para o meu crescimento.
E para terminar, nada melhor que uma citação de René Descartes:
Penso, logo Existo.
E se o que penso incomoda, só tenho a dizer que não sou só simplesmente Hilda, como também sou totalmente Hilda, e não abro mão de ser verdadeiramente o que sou!