Caro leitor

Este blog é a fiel expressão da minha visão de mundo.

Acredito na ideia do todo, onde todos somos um e que minhas atitudes, minha forma de pensar geram energias que refletem na existência do outro. Daí a importância de estarmos sempre na frequência do bem, dos bons pensamentos, vibrando sempre na frequência de Luz. Estamos em aprendizado e as falhas, as tentações, deslizes ao retrocesso estão conjugados ao nosso Ser. Devemos estar atentos aos nossos pensamentos, atitudes e tipo de energia que emitimos e expandimos para o Universo. Espero que os textos que escrevo e os de outros autores que aqui publico,possam acrescentar algo de construtivo para os que lerem.

(Hilda Stein)

Google+ Followers

segunda-feira, 21 de março de 2011

SALÃO DE BELEZA - como se comporta o profissional dessa área?

Tenho analisado muito o comportamento de alguns profissionais de salões de beleza, principalmente os salões de pequeno porte.
E é lamentável a falta de informação, de ética, de capacitação desses profissionais.
Muitos reclamam a falta de movimento, não entendem o motivo da falta de clientes. E essa resposta é tão simples, é tão óbvia, mas esses profissionais não conseguem enxergar os erros grosseiros que cometem.
Começa com a postura profissional.....muitos com sede de conseguirem clientela imediata, trabalham quase de graça, desvalorizando a sua própria mão de obra....chegando a oferecer seus serviços de corte de cabelo por R$ 1,99. Eu jamais daria meu cabelo para alguém cortar por esse preço, com certeza o serviço seria de péssima qualidade.....um bom profissional valoriza a sua mão de obra.
É deprimente entrar em um salão e deparar com os profissionais, descalços, dormindo nos assentos.... Em um comércio que vende beleza, a aparência é tudo.
E quando deparamos com aquele profissional " franco", que arrasa com a aparência da cliente, dizendo que o cabelo dela está horrível e que por isso precisa tratar!!!! Lamentável!!!
O mercado está cheio de salões de beleza com esse tipo de profissional.
Falta capacitação para essa classe, conscientização da necessidade de informação e aperfeiçoamento da  sua mão de obra.
O mercado precisa de bons profissionais.
A concorrência é grande, mas não falta clientela para o profissional que se destaca na excelência da sua profissão!